Dia Mundial do Livro: caminhos e construção


Publicado em : 24/04/2019 | por Fabrício Santiago | Agência Comércio


O Sesc realizou na última terça-feira, 23/04, Dia Mundial do Livro, uma intensa programação para celebrar a data e chamar a atenção da sociedade para a importância da leitura enquanto ferramenta pedagógica de conhecimento e transformação social. As ações tiveram inicio ainda pela manhã, no Museu da Gente Sergipana, com a presença de estudantes da rede pública e alunos do curso de aprendizagem comercial do Senac.

Eles participaram da palestra do escritor e dramaturgo sergipano, Euler Lopes, que falou sobre os caminhos para a construção de um livro e propôs um passeio literário pela Praça Fausto Cardoso, Calçadão da João Pessoa, Mercado Municipal, até a Unidade Comércio, onde foram apresentados fragmentos do monólogo Senhora dos Restos (texto Euler Lopes), com a atriz Isabel Santos.

O ponto de chegada foi a Unidade Comércio, onde os estudantes almoçaram com os clientes do Sesc e assistiram a apresentação musical de Juçara Nascimento. No período da tarde, participaram da oficina de construção de textos sobre o passeio literário, com os facilitadores Débora Arruda e Euler Lopes.

A estudante Victoria Rayssa, ressaltou a experiência singular de se conectar com outras culturas através de intervenções e diálogos que estimularam sua percepção com relação à palavra e seus territórios. “É preciso conhecer para valorizar e se conectar”, disse.

O encerramento da celebração em homenagem ao Dia Mundial do Livro ficou marcado pela forte presença da autora paraense de literatura indígena, Márcia Wayna Kambeba (etnia Omágua/Kambeba). Ela veio a Aracaju participar do projeto Arte da Palavra, que nesse circuito trata das oralidades e reúne contadores de histórias, saraus e apresentações que mesclam poesia com outras manifestações artísticas.

A programação comemorativa reuniu no mesmo território os projetos Arte da Palavra, do Departamento Nacional do Sesc, e o Janelas Literárias, idealizado pela administração regional, que teve inicio em março deste ano e destacou nessa primeira fase a produção literária da escritora Maria Lúcia Dal Farra.

Para a diretora regional do Sesc, Aparecida Farias, o objetivo principal da instituição na promoção de projetos e atividades ligadas à literatura é valorizar as novas formas de produção, divulgar novos escritores e contribuir para a democratização do acesso à leitura, um dos pilares para o desenvolvimento cultural do país.

Tags: , ,
Autor : Fabrício Santiago | Agência Comércio
Categorias : Notícias, Notícias Cultura